Mercadona doa 600 toneladas de alimentos no 1º semestre de 2023

A Mercadona, empresa de supermercados, doou 600 toneladas de produtos de primeira necessidade, no primeiro semestre de 2023, em Portugal. Estas doações foram destinadas a mais de 40 cantinas sociais, 8 bancos alimentares e outras entidades sociais com as quais a empresa colabora.

No distrito do Porto, onde a empresa conta com 19 supermercados em funcionamento, foram doadas 265 toneladas de produtos de primeira necessidade a instituições locais de solidariedade social.

O Centro Porta Amiga no Porto da Fundação AMI é uma das instituições que diariamente recebe doações da Mercadona. Segundo Jéssica Silva, diretora-adjunta desta associação: “no centro Porta Amiga no Porto ajudamos através do nosso apoio alimentar 1500 pessoas todos os meses. Desde que a Mercadona se juntou a nós e passou a dar-nos os seus donativos conseguimos chegar ainda a mais pessoas, nomeadamente a 120 famílias; são 300 pessoas que agora conseguem receber ajuda alimentar e que antes não conseguiam. A Mercadona, com a sua ajuda, fez com que a AMI pudesse chegar mais longe.”

Em Portugal, a Mercadona participa ainda, com os seus recursos humanos e logísticos, noutras iniciativas de âmbito nacional que se realizam ao longo do ano. É o caso da “Campanha de Recolha”, organizada pela Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, e da campanha “Shop for Goodness” promovida pela Cruz Vermelha Portuguesa, cujo montante angariado foi convertido em cartões de compra que contribuem para a autonomização de famílias carenciadas.

Com mais de 1.660 lojas entre Portugal e Espanha, a Mercadona doou um total de 10.500 toneladas de bens, o equivalente a 174.200 carrinhos de compras, que se destinaram a mais de 650 entidades sociais, das quais 140 foram integradas na rede de instituições com as quais a empresa colabora, na primeira metade deste ano.