Vacinados têm três vezes menos hipóteses de contrair covid-19

O estudo do Imperial College de Londres e Ipsos MORI com mais de 98.000 voluntários entre 24 de junho e 12 de julho mostra que as pessoas com duas doses da vacina têm menos probabilidade de transmitirem o vírus SARS-CoV-2.

“Estes resultados confirmam os nossos dados anteriores que mostram que duas doses da vacina oferecem boa proteção contra a infecção”, segundo o responsável pelo estudo, o professor Paul Elliott, avisando, no entanto que “existe sempre o risco de infeção, porque nenhuma vacina é 100% eficaz”, apelando por isso à “cautela”.

O relatório diz ainda que o número de infeções quadruplicou em relação ao último relatório divulgado no final de maio. Atualmente há 1 em 160 pessoas infetadas, mas a progressão parece estar a diminuir.

Esses números não levam em consideração o levantamento da maioria das restrições que entraram em vigor a 19 de julho em Inglaterra, apesar da explosão do número de casos atribuídos à variante Delta, que é mais contagiosa.

A última estimativa do National Statistics Office (ONS), relatica à semana que terminou a 24 de julho, concluiu que 1 em 65 pessoas em Inglaterra estava infetada.

4c456dd3 c4d7 4680 b23a 59e5dd7cb40e