InícioSem categoriaTempestade Filomena: que efeitos deixará em Portugal continental?

Tempestade Filomena: que efeitos deixará em Portugal continental?

Para já estamos sob influência de tempo muito frio e seco com reflexo em temperaturas muito baixas. No entanto, ao longo dos próximos dias, a depressão Filomena chegará a terras portuguesas. O que poderá acontecer? Saiba aqui todos os efeitos previstos!

O tempo muito frio e seco tem imperado em Portugal continental nos últimos dias. O panorama meteorológico, apesar do frio colossal que tem sido notícia devido às temperaturas mínimas extremas, com vários territórios a registarem valores abaixo dos 0 ºC, tem sido caracterizado pela presença do sol ou de céu pouco nublado. 2021 estreou-se com um cenário térmico semelhante a uma vaga de frio, devido à persistência e magnitude de valores de temperatura bem abaixo da média para o período de referência e, segundo os mapas de previsão, parece que esta situação meteorológica está longe de terminar.

Contudo, um iminente temporal está prestes a atingir a Península Ibérica. Esta depressão, entretanto nomeada de Filomena pela AEMET, deixará um nevão potencialmente histórico na vizinha Espanha. Além da neve, estima-se precipitação persistente, vento e agitação marítima num temporal que cobrirá grande parte da Península Ibérica. Curiosamente, Portugal continental ficará ligeiramente à margem deste severo temporal, mas nem por isso deixará de registar efeitos derivados da depressão Filomena.

Que fatores levaram à formação da depressão Filomena? 

Por um lado, há o ar gélido nas camadas baixas da atmosfera que nos está a atingir desde finais de 2020, com temperaturas muito abaixo do normal para a época. Além disso, em altitude existe um sistema de baixas pressões que mantêm os nevões na parte norte da Península Ibérica (Cantábrico e alguns pontos do extremo norte português e cordilheira central (serra da Estrela) e que continua a bombear ar frio até às nossas latitudes. 

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments