Início Sem categoria Guilherme de Oliveira ficou perto do pódio na estreia na Fórmula 4

Guilherme de Oliveira ficou perto do pódio na estreia na Fórmula 4

Depois de vários títulos de campeão em diferentes categorias do Campeonato de Portugal de Karting Kia e do Rotax Max Challenge, Guilherme de Oliveira concretizou o sonho de se estrear nas fórmulas de promoção, na penúltima prova da Fórmula 4 espanhola, onde alinham pilotos de diversas nacionalidades.

Com 16 concorrentes em pista, Guilherme de Oliveira evidenciou-se logo nos treinos livres oficiais, onde foi o segundo mais rápido (com a melhor volta teórica). Na qualificação 1, o aparecimento da chuva tornou o batismo de Guilherme de Oliveira nos monolugares ainda mais exigente, mas, mesmo assim, o piloto de Vila Nova de Gaia garantiu a sexta posição, tendo na qualificação 2 sido o nono classificado.

Na Corrida 1, a primeira da sua carreira nos monolugares, Guilherme de Oliveira pilotou como se não fosse um ‘rookie’ na mítica e exigente pista de Jarama, dado que terminou na sétima posição, tendo depois na Corrida 2 vivido o momento mais alto da sua estreia aos comandos de um Formula 4. É que o jovem piloto de Vila Nova de Gaia viu a bandeira xadrez na quarta posição, ficando muito perto de garantir um lugar no pódio, numa corrida plena de incidências, que obrigaram o ‘safety-car’ a entrar duas vezes.

Na Corrida 3, logo após a partida, Guilherme de Oliveira caiu da nona para a 16.ª posição, mas ainda teve tempo de ser protagonista de uma boa recuperação (sete lugares), tendo, pelo meio, feito duas ultrapassagens dignas de registo – ao espanhol Carles Martínez e ao marroquino Suleiman Zanfari – para terminar no nono posto, numa corrida em que voltou a vencer o holandês Kas Haverkort, que lidera a competição.

“Foi um fim de semana fantástico. Nesta minha estreia na Fórmula 4 o meu objetivo era aprender o máximo possível, mas ainda assim consegui excelentes resultados, sobretudo na Corrida 2, pois foi muito difícil devido à chuva. Como esta oportunidade de correr em Jarama surgiu à ‘última hora’, a minha viseira translúcida não ajudou nada e tive mesmo de abri-la um pouco, dado que o ‘spray’ era muito e não conseguia ver bem. Felizmente correu tudo pelo melhor e fui quarto classificado. Faltou pouco para ir ao pódio. No entanto, vim a Jarama para me estrear a correr na Fórmula 4 e saio daqui muito satisfeito com a minha prestação. Nunca pensei em alcançar estes resultados, pois tudo à minha volta era um ‘mundo novo’. Estou muito grato ao Miguel Ángel, responsável da DriveX, por esta oportunidade, ao meu engenheiro e mecânico que me deu assistência nesta corrida, ao Manuel Maldonado pela força e dicas relevantes para as corridas e, por fim, um agradeço especial à Synergy do Duarte Félix da Costa e Gonçalo Gomes”, referiu Guilherme de Oliveira, no final da penúltima prova da Fórmula 4 espanhola, que terá a derradeira ronda do ano no próximo fim de semana, em Barcelona.

Exit mobile version