Criança com doença rara viaja de Paris para Gaia para ser operada

Enzo tem apenas cinco anos, mas já tem uma aventura para contar. O menino português, emigrado em França com os pais, voou de Paris para o Porto, para ser submetido a uma cirurgia rara no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia.

Conta a SIC Notícias que o menino foi diagnosticado com a síndrome de Pierre Robin, depois de ter tido uma infeção em bebé, que se transformou em doença. Enzo deixou de conseguir mastigar, dormia mal, não falava e tinha dificuldades respiratórias.

Em Paris, revelam os pais, não conseguiam perceber o que o menino tinha e disseram que a cirurgia era de risco. Enzo não podia ser operado com a idade que tinha, “tinha de esperar que tivesse 14/16 anos”.

Por acharem isso “um bocado estranho”, os pais decidiram dirigir-se ao Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia quando vieram de férias a Portugal e descobriram que o filho sofria desta doença rara.

Também à SIC Notícias, o diretor do Serviço de Cirurgia Plástica da unidade hospitalar explicou que o menino tinha a mandíbula “pequena” e “presa ao crânio” e por isso não conseguia mastigar e tinha “dificuldades respiratórias”, o que fez com que crescesse pouco e tivesse “fases de muita sonolência”.

A cirurgia, de mais de seis horas, foi toda planeada por computador, com a ajuda de um esqueleto em 3D, virtual, onde os médicos simularam tudo o que pretendiam fazer.

naom 5628daad23828