InícioSem categoriaCovid-19: procura por testes rápidos aumenta nos dias antes do Natal, mas...

Covid-19: procura por testes rápidos aumenta nos dias antes do Natal, mas autoridades não os aconselham

É uma estratégia cada vez mais comum a muitos portugueses: fazer um teste antigénio de resposta rápida à covid-19 na semana do Natal com o objectivo de passar esses dias com “mais segurança” e junto da família se o resultado for negativo. A duas semanas da véspera de Natal, a procura destes testes está a aumentar nos postos da Cruz Vermelha e nas maiores redes de laboratórios privados que os fazem, mas este método não é aconselhado por especialistas ou pelas autoridades de saúde, uma vez que é menos fiável que os testes PCR, ainda mais se for utilizado de forma “aleatória”.

A Cruz Vermelha, que tem um programa especial de testes covid-19, diz que a procura por este tipo de testes tem sido muita, principalmente com a aproximação do Natal.

“A preocupação que as pessoas têm em reduzir o risco quando se encontrarem em festas com familiares, nomeadamente com os mais idosos, traduziu-se nas muitas marcações para essa semana, principalmente depois de o Governo anunciar as medidas para o Natal. Temos que reconhecer que é um sistema que não está ao alcance de todos porque apesar da procura não há uma oferta universal”, diz. O antigo director-geral da Saúde afirma que, no caso de este teste dar positivo, a pessoa pode tomar as devidas precauções e não chegar a reunir-se com a família. Apesar de existir uma “probabilidade pequena” de a pessoa ter a doença, o especialista em saúde pública afirma que se o teste der negativo há uma “possibilidade enorme de não ter infecção”.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments